comentar
r, em 25.02.10 às 15:53link do post | favorito

O Executivo Municipal aprovou a Descentralização da Limpeza Pública da freguesia de Venteira àquela Junta de Freguesia. 

O Protocolo estabelece a delegação de competências no âmbito da gestão da Limpeza Pública, consistindo nas operações de varredura mecânica, mista e manual, assim como na lavagem de vias e outros espaços públicos, limpeza de sarjetas e sumidouros, limpeza e manutenção de papeleiras, colocação de herbicida nas vias e outros espaços públicos e extirpação de ervas.

Através da celebração destes protocolos com estas autarquias locais, têm-se verificado melhorias nas condições de limpeza pública, alargando substancialmente a capacidade de intervenção das Juntas de Freguesia, através da gestão de proximidade do pessoal envolvido na limpeza pública.

 

 - --  - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

 

A Câmara Municipal da Amadora aprovou a cedência, à Santa Casa da Misericórdia da Amadora, de um espaço no bairro do Casal da Mira, com vista à instalação de uma Loja Social, sob gestão daquela entidade.

Este equipamento, que terá abrangência concelhia, irá distribuir gratuitamente, ou vender a preços reduzidos, vestuário (homem, mulher e criança), artigos de puericultura, têxtil lar, brinquedos e livros infantis.

Os potenciais clientes serão pessoas em situação de carência económica, devidamente sinalizadas pelas várias instituições de apoio social da Amadora.

A Santa Casa da Misericórdia dispõe já, no bairro do Casal da Mira, de um Centro de dia e um Serviço de Apoio Domiciliário, pelo que esta parceria assume uma importância extrema a nível social.

 

 

- --  - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

 

Na sequência do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido na Amadora, com o objectivo de garantir a sustentabilidade ambiental urbana, - recorde-se a assinatura dos Compromissos de Alborg e o processo em curso da Agenda 21 Local da Amadora – a Câmara Municipal aprovou a adesão ao Pacto dos Autarcas – Compromisso para as energias sustentáveis locais.

O Pacto dos Autarcas é uma iniciativa comunitária, da qual fazem já parte quinze cidades portuguesas, em que os responsáveis autárquicos se comprometem a:

- superar os objectivos definidos pela UE para 2020, de reduzir em pelo menos 20% as emissões de CO2 nos respectivos territórios;

- apresentar, no prazo de um ano a contar da data da assinatura, um plano de acção para a energia sustentável, incluindo um inventário de referência das emissões que defina o modo de concretizar os objectivos;

- apresentar um relatório de execução o mais tardar de dois em dois anos após a apresentação do plano de acção, para fins de avaliação, acompanhamento e verificação;

- organizar Jornadas da Energia, em cooperação com a Comissão Europeia e outros agentes, para que os cidadãos possam beneficiar directamente das oportunidades e vantagens decorrentes de uma utilização mais inteligente da energia, e informar regularmente os meios de comunicação locais sobre a evolução do plano de acção;

- assistir à Conferência anual de Autarcas da UE, dando-lhe o seu contributo.

 Mais informações acerca desta iniciativa em www.eumayors.eu

 


comentar
r, em 25.02.10 às 15:51link do post | favorito
 

Modalidade de jornalismo – investigação ou grande reportagem

 

Câmara Municipal da Amadora aprovou as Normas de Concurso para a edição de 2010

A Câmara Municipal da Amadora aprovou as Normas de Concurso referentes à 13.ª edição do Prémio Literário Orlando Gonçalves, que este ano irá avaliar trabalhos de jornalismo (investigação ou grande reportagem).

A 13.ª edição do Prémio Literário Orlando Gonçalves tem, tal como nos anos anteriores, o objectivo de incentivar a produção literária, contribuindo para a defesa e enriquecimento da língua portuguesa.

Na presente edição serão avaliados trabalhos de jornalismo (investigação ou grande reportagem), obrigatoriamente escritos em língua portuguesa, tendo os seus autores que apresentar a respectiva carteira profissional, podendo cada concorrente apresentar mais do que um trabalho, sendo que estes terão que ser enviados separadamente e com pseudónimos diferentes.

As obras a concurso serão avaliadas pelo júri constituído por um elemento da Sociedade Portuguesa de Autores, um elemento do Sindicato dos Jornalistas e um elemento em representação da Câmara Municipal da Amadora. Os nomes destes elementos serão divulgados oportunamente.

Não obstante terem ou não sido publicados, os trabalhos devem traduzir acontecimentos relativos ao ano transacto ao da atribuição do Prémio, e ter como referência a cultura e história portuguesas, os direitos humanos e a democracia, bem como reflexões sobre os problemas sociais e políticos, princípios que nortearam a vida de Orlando Gonçalves.

O prémio tem o valor de € 4 987,98 (quatro mil novecentos e oitenta e sete euros e noventa e oito cêntimos), e será entregue em sessão pública a anunciar.

Para mais informações, consulte oo site da Câmara Municipal da Amadora, em www.cm-amadora.pt, ou contacte a Biblioteca Municipal Fernando Piteira Santos.

O Prémio – breve nota
O Prémio Literário Orlando Gonçalves, instituído em 1998 pela Câmara Municipal da Amadora, tem por objectivo, por um lado, homenagear a memória do escritor e jornalista Orlando Gonçalves, e por outro incentivar a produção literária, contribuindo para a defesa e enriquecimento da língua portuguesa.
Este prémio destina-se a galardoar, anualmente e de forma alternada, uma obra de ficção narrativa e um trabalho jornalístico de investigação ou grande reportagem.

Orlando Bernardino Gonçalves, um dos percursores do movimento neo-realista português, foi escritor e jornalista de imprensa escrita e de rádio, tendo sido inclusive Director do jornal Notícias da Amadora durante mais de trinta anos, actividade que sempre desenvolveu a par das suas intervenções cívicas e políticas na defesa dos direitos e deveres de uma cidadania plena, consciente e esclarecida, sustentada pelo enriquecimento intelectual.

Orlando Gonçalves foi agraciado com a Medalha de Ouro da Cidade da Amadora em 1989, em 1993 o seu romance Enredos da Memória foi galardoado com o Prémio Literário Cidade da Amadora e em 1997 foi mais uma vez homenageado pela Câmara Municipal da Amadora, por ocasião das comemorações do 25 de Abril.

Normas de Concurso 
aqui. 

Marcadores: ,

Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
24
26
27

28


blogs SAPO
subscrever feeds