comentar
r, em 25.02.10 às 15:53link do post | favorito

O Executivo Municipal aprovou a Descentralização da Limpeza Pública da freguesia de Venteira àquela Junta de Freguesia. 

O Protocolo estabelece a delegação de competências no âmbito da gestão da Limpeza Pública, consistindo nas operações de varredura mecânica, mista e manual, assim como na lavagem de vias e outros espaços públicos, limpeza de sarjetas e sumidouros, limpeza e manutenção de papeleiras, colocação de herbicida nas vias e outros espaços públicos e extirpação de ervas.

Através da celebração destes protocolos com estas autarquias locais, têm-se verificado melhorias nas condições de limpeza pública, alargando substancialmente a capacidade de intervenção das Juntas de Freguesia, através da gestão de proximidade do pessoal envolvido na limpeza pública.

 

 - --  - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

 

A Câmara Municipal da Amadora aprovou a cedência, à Santa Casa da Misericórdia da Amadora, de um espaço no bairro do Casal da Mira, com vista à instalação de uma Loja Social, sob gestão daquela entidade.

Este equipamento, que terá abrangência concelhia, irá distribuir gratuitamente, ou vender a preços reduzidos, vestuário (homem, mulher e criança), artigos de puericultura, têxtil lar, brinquedos e livros infantis.

Os potenciais clientes serão pessoas em situação de carência económica, devidamente sinalizadas pelas várias instituições de apoio social da Amadora.

A Santa Casa da Misericórdia dispõe já, no bairro do Casal da Mira, de um Centro de dia e um Serviço de Apoio Domiciliário, pelo que esta parceria assume uma importância extrema a nível social.

 

 

- --  - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

 

Na sequência do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido na Amadora, com o objectivo de garantir a sustentabilidade ambiental urbana, - recorde-se a assinatura dos Compromissos de Alborg e o processo em curso da Agenda 21 Local da Amadora – a Câmara Municipal aprovou a adesão ao Pacto dos Autarcas – Compromisso para as energias sustentáveis locais.

O Pacto dos Autarcas é uma iniciativa comunitária, da qual fazem já parte quinze cidades portuguesas, em que os responsáveis autárquicos se comprometem a:

- superar os objectivos definidos pela UE para 2020, de reduzir em pelo menos 20% as emissões de CO2 nos respectivos territórios;

- apresentar, no prazo de um ano a contar da data da assinatura, um plano de acção para a energia sustentável, incluindo um inventário de referência das emissões que defina o modo de concretizar os objectivos;

- apresentar um relatório de execução o mais tardar de dois em dois anos após a apresentação do plano de acção, para fins de avaliação, acompanhamento e verificação;

- organizar Jornadas da Energia, em cooperação com a Comissão Europeia e outros agentes, para que os cidadãos possam beneficiar directamente das oportunidades e vantagens decorrentes de uma utilização mais inteligente da energia, e informar regularmente os meios de comunicação locais sobre a evolução do plano de acção;

- assistir à Conferência anual de Autarcas da UE, dando-lhe o seu contributo.

 Mais informações acerca desta iniciativa em www.eumayors.eu

 


comentar
r, em 25.02.10 às 15:51link do post | favorito
 

Modalidade de jornalismo – investigação ou grande reportagem

 

Câmara Municipal da Amadora aprovou as Normas de Concurso para a edição de 2010

A Câmara Municipal da Amadora aprovou as Normas de Concurso referentes à 13.ª edição do Prémio Literário Orlando Gonçalves, que este ano irá avaliar trabalhos de jornalismo (investigação ou grande reportagem).

A 13.ª edição do Prémio Literário Orlando Gonçalves tem, tal como nos anos anteriores, o objectivo de incentivar a produção literária, contribuindo para a defesa e enriquecimento da língua portuguesa.

Na presente edição serão avaliados trabalhos de jornalismo (investigação ou grande reportagem), obrigatoriamente escritos em língua portuguesa, tendo os seus autores que apresentar a respectiva carteira profissional, podendo cada concorrente apresentar mais do que um trabalho, sendo que estes terão que ser enviados separadamente e com pseudónimos diferentes.

As obras a concurso serão avaliadas pelo júri constituído por um elemento da Sociedade Portuguesa de Autores, um elemento do Sindicato dos Jornalistas e um elemento em representação da Câmara Municipal da Amadora. Os nomes destes elementos serão divulgados oportunamente.

Não obstante terem ou não sido publicados, os trabalhos devem traduzir acontecimentos relativos ao ano transacto ao da atribuição do Prémio, e ter como referência a cultura e história portuguesas, os direitos humanos e a democracia, bem como reflexões sobre os problemas sociais e políticos, princípios que nortearam a vida de Orlando Gonçalves.

O prémio tem o valor de € 4 987,98 (quatro mil novecentos e oitenta e sete euros e noventa e oito cêntimos), e será entregue em sessão pública a anunciar.

Para mais informações, consulte oo site da Câmara Municipal da Amadora, em www.cm-amadora.pt, ou contacte a Biblioteca Municipal Fernando Piteira Santos.

O Prémio – breve nota
O Prémio Literário Orlando Gonçalves, instituído em 1998 pela Câmara Municipal da Amadora, tem por objectivo, por um lado, homenagear a memória do escritor e jornalista Orlando Gonçalves, e por outro incentivar a produção literária, contribuindo para a defesa e enriquecimento da língua portuguesa.
Este prémio destina-se a galardoar, anualmente e de forma alternada, uma obra de ficção narrativa e um trabalho jornalístico de investigação ou grande reportagem.

Orlando Bernardino Gonçalves, um dos percursores do movimento neo-realista português, foi escritor e jornalista de imprensa escrita e de rádio, tendo sido inclusive Director do jornal Notícias da Amadora durante mais de trinta anos, actividade que sempre desenvolveu a par das suas intervenções cívicas e políticas na defesa dos direitos e deveres de uma cidadania plena, consciente e esclarecida, sustentada pelo enriquecimento intelectual.

Orlando Gonçalves foi agraciado com a Medalha de Ouro da Cidade da Amadora em 1989, em 1993 o seu romance Enredos da Memória foi galardoado com o Prémio Literário Cidade da Amadora e em 1997 foi mais uma vez homenageado pela Câmara Municipal da Amadora, por ocasião das comemorações do 25 de Abril.

Normas de Concurso 
aqui. 

Marcadores: ,

comentar
r, em 23.02.10 às 11:18link do post | favorito

 

Museu em Acção na Amadora

Museu em Acção na Amadora

O Núcleo Museográfico do Casal da Falagueira está localizado no Parque Aventura e é o Núcleo-sede do Museu Municipal de Arqueologia.
Este equipamento é constituído por cinco salas expositivas de carácter permanente e uma de carácter temporário, uma biblioteca especializada em arqueologia, uma sala polivalente de apoio aos leitores da Biblioteca, uma sala de actividades onde se realizam ateliês pedagógicos, um arquivo das jazidas arqueológicas e uma loja com material diverso sobre a temática do património histórico e arqueológico.

O Museu Municipal de Arqueologia tem desenvolvido o projecto pedagógico "Museu em Acção", que visa estabelecer um espaço de aprendizagem activa baseada na exploração dos conteúdos de cada exposição patente no Núcleo Museográfico do Casal da Falagueira. Este projecto tem por objectivo valorizar e promover o património histórico e arqueológico do Município da Amadora, através da aproximação directa entre o público e os objectos do Museu.

O "Museu em Acção" dispõe de um conjunto alargado de actividades, que poderão ser desenvolvidas de acordo com as especificidades de cada público.
Todos os ateliês são destinados a grupos organizados de instituições de ensino pré-escolar, 1.º e 2.º ciclos, associações culturais, sociais ou outros.

As acções são gratuitas e realizam-se às segundas e quartas-feiras, em duas sessões: Manhã (10h às 12h) e Tarde (14h às 16h), através de marcação prévia, com a antecedência de uma semana, para o número 21 498 67 70.

 

Actividades no Núcleo Museográfico do Casal da Falagueira

 

As actividades - a decorrer a partir de Março - são as seguintes:

Amadora: da Pré-história à Idade Média
Actividade: Colares
Todos nós somos vaidosos, logo, porque haveriam os nossos antepassados de ser diferentes? Vamos pedir emprestados alguns materiais à Natureza e pôr mãos à obra. Bijutaria à verdadeira moda antiga.

Actividade: Profissão = Arquitecto
Com papel, régua e esquadro tudo se constrói, mas há 5 mil anos não havia tais coisas. Vamos então construir uma anta para saber como se fazia. Talvez resista milhares de anos…

Actividade: Desenha uma obra-prima
Já há artistas a pintar o nosso mundo há milhares de anos. Se queres aprender como e onde o faziam, aparece. Pode ser que também tu leves uma obra de arte para casa.

Villa Romana
Actividade: Pedrinha aqui, pedrinha acolá
Os Romanos gostavam tanto de arte que até o chão por onde passavam em suas casas eram verdadeiras obras de arte. Queremos ensinar-te a técnica do mosaico para que tu próprio construas um.

Actividade: Os Romanos chegaram
Os Romanos estiveram em tanto lado e deixaram tantas marcas que foram uma das mais importantes civilizações da Humanidade. Temos muitas histórias para te contar e tu terás muitos desafios para realizar. 

 

Núcleo Museográfico do Casal da Falagueira

 

Amadora Rural - Aldeia da Falagueira
Actividade: Ao sabor do vento
O vento sopra, faz mover a mó e depois sai tudo em farinha. É assim que funciona um moinho. Anda daí aprender tudo isto e muito mais, ao sabor do vento.

Actividade: Alquimia da Terra - Farmácia Rural
Gritaste muito e agora estás rouco? Chá de casca de cebola. Estiveste ao frio e estás constipado? Leite com mel faz bem. Estas e muitas outras mezinhas estão disponíveis na nossa Farmácia Rural. Vamos investigar as ervas que nos fazem bem quando estamos doentes e não só.

Actividade: Alquimia da Terra - Quem conta um conto, acrescenta uma palavra
Nem sempre houve televisão e rádio, internet e jornais. As histórias contadas pelos mais velhos eram um forte auxílio para a passagem de conhecimento e memórias. Vamos aproveitar esse saber e contar histórias sobre as profissões do mundo rural.

Actividade: Alquimia da Terra - Será uma enxada? Será uma foice? Não, é um Espantalho!
O imaginário agrícola é muitas vezes dominado pela figura do espantalho, logo, se falamos da ligação do Homem com a prática da agricultura, temos que dar nutrientes à imaginação e criar um espantalho para a nossa horta.

Actividade: Alquimia da Terra - Os 5 sentidos agrícolas
Ouvir, cheirar, saborear, tactear e ver são acções que utilizamos constantemente, por isso, será muito interessante utilizar os 5 sentidos para conhecer um pouco mais sobre trabalhos, ferramentas, produtos e aromas agrícolas.

 

Aspecto interior do Núcleo Museográfico do Casal da Falagueira

 

Aqueduto das Águas Livres
Actividade: Eu também já construí um Aqueduto
Pedra sobre pedra, arco sobre arco e lá está: um aqueduto que leva a água desde a nascente até à fonte. Achas que consegues construir um?

Actividade: O que importa é o que se diz e não quão alto se diz
"Olha a água fresquinha!" diz o aguadeiro. Vamos explorar a nossa criatividade e criar pregões para vender água.

Casal da Falagueira
Actividade: Ui, mas que cheiro!
O campo dava grande parte do que uma família precisava para viver. Incluindo o odor agradável para manter a casa bem cheirosa através dos sacos de cheiro. Vamos preparar um?

Actividade: Pãozinho quentinho
Quem não gosta de um bom pãozinho quente? Então se for feito por nós, ainda mais sabor dá… vamos pôr a mão na massa e preparar um pão como um verdadeiro padeiro!

Actividade: E se não houvesse lâmpadas?
Sabiam que a electricidade só chegou à Amadora no início do séc. XIX? Como será que durante a noite as pessoas encontravam a faca e o garfo para comer? Ou um banco para se sentarem? Ora aí está uma boa pergunta, que só uma boa vela pode responder. Luz não irá faltar. 

 

Elemento expositivo no Núcleo Museográfico do Casal da Falagueira

 

Informamos ainda que no âmbito do projecto de divulgação do património histórico-cultural "Escola Aberta do Património", realiza-se no dia 27 de Fevereiro, a partir das 14.30h, uma actividade que consiste na visita guiada a sítios classificados do Município da Amadora, que normalmente não estão acessíveis.

Locais a visitar:
Nascente de São Brás do Aqueduto das Águas Livres
Mina de Água
Villa Romana da Quinta da Bolacha

Inscrição prévia para o n.º de telefone 21 498 67 70.

Local de encontro: Núcleo Museográfico do Casal da Falagueira, Parque Aventura, Beco do Poço

 

Núcleo Museográfico do Casal da Falagueira
Horário de abertura ao público
2.ª a Sábado das 9h às 13h e das 14h às 17h
Parque Aventura, Beco do Poço
Tel.: 214 986 770
Fax: 214 986 776
E-mail:
cultura@cm-amadora.pt
Site:
www.cm-amadora.pt


comentar
r, em 10.02.10 às 11:49link do post | favorito

No âmbito da Edição dos Jogos Juvenis Escolares da Amadora 2009/2010, realiza-se amanhã, 11 de Fevereiro, a partir das 10.00h, na pista da Unidade de Apoio à Área Militar Amadora-Sintra, a prova de Corta-Mato.

 

Esta prova, promovida pela Câmara Municipal da Amadora, conta com a organização da Escola Secundária Seomara da Costa Primo e com o apoio do Desporto Escolar e da Unidade Militar, estando prevista a presença dos atletas olímpicos Francis Obikwelu e Rui Silva.

 

A Escola, nas suas várias dimensões, é indiscutivelmente um tempo e um local privilegiado de desenvolvimento pessoal e social. A Cidade, além da sua função estrita de acolhimento, revela um conjunto de potencialidades que devem ser utilizadas na difusão das aprendizagens e dos conhecimentos e, igualmente, na promoção das competências úteis para viver em sociedade. Ao Desporto reconhecem-se singularidades que, correctamente enquadradas, são instrumentos preciosos na formação humana.

 

Neste contexto, os Jogos Juvenis Escolares da Amadora constituem um elemento de charneira, capaz de promover cada um dos elementos atrás referidos, funcionando como uma mais-valia para a consecução dos objectivos educativos das escolas, para a promoção da prática desportiva e para o desenvolvimento comunitário sustentado em cidadãos exigentes para com os seus direitos e solidários para com os seus deveres.


VISITANTES
Counter
INQUÉRITO
EM QUE AREA DEVIA A CAMARA DA AMADORA INVESTIR MAIS??
EDUCACAO
DESPORTO
OBRAS MUNICIPAIS
AMBIENTE E HIGIENE URBANA
ACCAO SOCIAL
REQUALIFICACAO URBANA
HABITACAO
CULTURA
ESPACOS VERDES
  
pollcode.com free polls
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
24
26
27

28


blogs SAPO
subscrever feeds