comentar
r, em 15.04.09 às 15:03link do post | favorito

O parque temático KidZania Lisboa, que abre portas no Dolce Vita Tejo, na Amadora, a partir do próximo dia 7 de Maio, representa para a Chamartín Imobiliária um investimento de 15 milhões de euros. O projecto, que vai criar 170 postos de trabalho, prevê receber 350 mil visitantes no primeiro ano de funcionamento, sendo que o objectivo sobe para os 500 mil até 2012, anuncia a empres promotora em comunicado.

 

 

O primeiro parque temático KidZania a abrir na Europa rege-se pelo princípio de «brincar aos adultos» numa cidade feita à escala dos mais pequenos e que ocupa uma área de 6.500 m2.

 

KidZania: dois primeiros meses esgotados
KidZania recruta 170 pessoas


Esta experiência, que pretende aliar a diversão à educação terá uma duração média prevista de 4 a 5 horas, e como valor de entrada 18 euros para crianças e 10 euros para os adultos.

 

Brincar aos adultos

A KidZania contém réplicas dos estabelecimentos mais representativos de uma cidade onde as crianças podem desempenhar mais de 60 profissões ali existentes. Após fazer o check-in no aeroporto, efectuar uma cirurgia na sala de operações, trabalhar como bombeiro ou polícia, tirar a carta de condução e conduzir um carro no circuito automóvel, ser jornalista de rádio, jornal ou televisão, ser actor numa peça de teatro, abrir conta num banco e fazer a sua própria poupança, são apenas algumas das experiências ao alcance dos visitantes. Na KidZania existem ruas e avenidas, edifícios, lojas e fábricas, carros, autocarros, carro dos bombeiros e ambulância.

 

Dolce Vita Tejo cria 5 mil postos de trabalho
Quase 7 mil pessoas à procura de emprego no Dolce Vita Tejo

 

Na KidZania existe uma economia própria que serve para transmitir a importância do dinheiro e as implicações inerentes à própria gestão. Ao entrar na KidZania cada criança recebe um cheque de 50 kidZos (moeda oficial) e, depois de trocar o cheque por notas no banco, utilizam-nas para alugar um carro, comer um gelado, ir ao cabeleireiro, entre muitas outras actividades. Quando deixam de ter kidZos, os visitantes terão exercer outras profissões para poderem reforçar a sua carteira.

 

A segurança das crianças que brincam na KidZania está assegurada por um sistema de controlo de acessos e a utilização de pulseiras com chip identificador (RFID) para crianças e adultos, bem como as câmaras de vigilância. As crianças contarão ainda com a monitorização por adultos, profissionais e especializados, que dão apoio no desenvolvimento das actividades.

 

Mais sete parques nos próximos dois anos

O conceito da KidZania nasceu na Cidade do México, em 1999, e conta actualmente com 800.000 visitantes por ano. O seu sucesso comprovado motivou a expansão internacional do conceito. Já com portas abertas no Japão e Indonésia, para além do México, a KidZania tem acordos de parcerias em mais dez países e sete aberturas previstas para os próximos dois anos.
 


(IOL)

Marcadores: ,

comentar
r, em 15.04.09 às 12:29link do post | favorito

No próximo dia 18 de Abril, a partir das 14H, realiza-se no Jardim Luís de Camões, na Brandoa, uma iniciativa no âmbito da campanha “Celebrar a Água”, organizada pelos SMAS (Serviços Municipalizados de Água e Saneamento dos Concelhos de Oeiras e Amadora), que conta com o apoio da Autarquia.

Esta acção visa sensibilizar o público infanto-juvenil para os benefícios do consumo racional de água canalizada.

Ao longo da tarde, têm lugar diversos ateliês pedagógicos e workshops sobre a água, com a presença da Inês Aleluia e do Tiago Carreira, a “Aurora” e o “Lourenço” dos Morangos com Açúcar.

Ana Free, a cantora portuguesa que entrou no mundo da música através de temas como “In my place", junta-se a esta festa, realizando um concerto no Jardim Luís de Camões.

 

A entrada é livre.
(cma)

 


Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
18

19
24
25

26
27
29


blogs SAPO
subscrever feeds